Artigo 

É POSSÍVEL TRABALHAR E SER FELIZ 

NO MESMO LUGAR?

Por * Vania Ferrari

A Aos 16 anos eu fiz uma pergunta para o meu pai: – Que profissão devo escolher? Estou entre publicidade e jornalismo. Pode me ajudar? Ele, com seu olhar sereno, seu sorriso compassivo e seu jeito de caboclo, olhou para mim e respondeu com firmeza: – Escolha qualquer profissão que te faça feliz, como eu sou na minha.

Ora, meu pai era metalúrgico. Operava uma máquina que cortava ferro para fazer moldes e injetava borracha para fazer bonecas da Estrela. Não era o trabalho que eu imaginava que poderia fazer alguém feliz. Mas meu pai morria de orgulho de fazer seu trabalho com muita técnica. Ele era o melhor naquilo. Nunca tinha “matado uma peça”, expressão usada na metalurgia comparável ao Oscar no cinema, o que significava 100% de acerto das peças que produzia.

Passados 30 anos, estou eu aqui continuando a seguir o conselho do meu pai: trabalhando com o que me faz feliz. Mas como isso é possí- vel? Imagino que foi em busca dessa resposta que você começou a ler este artigo. É relativamente simples: assumindo a responsabilidade sobre sua carreira, tendo coragem para fazer as mudanças necessárias para que o seu ambiente de trabalho seja produtivo, rentável, feliz e harmonioso. Essa tarefa é indelegável.

Alguns vão dizer: – Mas como, se eu tenho sérios problemas com meu líder imediato? E a resposta é: desenvolva sua inteligência emocional, estude tudo o que puder sobre Comunicação Não Violenta, do psicólogo social Marshall B. Rosenberg, aprenda todas as técnicas mais sofisticadas de feedback e resolva de forma definitiva o problema com seu líder.

Outros vão reclamar: – Mas como, se minha empresa tem um monte de problema para resolver? E a resposta é: ué, mas foi para isso que você foi contratado e contratada, para resolver os problemas e desafios que a organização possui. Trabalhar é eliminar um check list diário e problemas estão nessa lista. Há ainda os que dizem: – Mas, como ser feliz se eu ganho muito pouco? E a resposta é: especialize-se e aumente seu valor de mercado.

Veja, em todas as situações a resposta está sempre com você. É possível, sim, ser feliz e trabalhar no mesmo lugar, desde que você entenda definitivamente que foi você quem se colocou nesse emprego e que é só você quem pode transformá-lo numa atividade que te dê orgulho em fazê-lo. Para isso, você terá de transformar seu jeito de “ver o trabalho”, transformar o significado que você dá para ele.

Desde que recebi aquela lição do meu pai, tenho buscado pensar em como enriquecer legitimamente a vida das pessoas que estão ao meu lado. Isso para mim é o que significa trabalhar. Então, você precisa assumir que não existe trabalho perfeito, portanto, muitas vezes é você quem vai ter de criar maneiras inovadoras de fazer as coisas considerando que no final do dia você tem de se responder: “Quais indicadores da empresa eu consegui melhorar hoje?” E, melhor que isso, “Nesse processo eu consegui tornar a vida das pessoas melhor?” (sejam eles clientes, pares, líderes, acionistas ou liderados).

O caminho é encontrar um propósito para você, ou seja, a soma do que você ama fazer com o que você faz tão bem a ponto de ser pago por isso. Então, você encontrará a felicidade. Mas lembre-se: a responsabilidade é sua e de mais ninguém.

*Vania Ferrari foi executiva de grandes empresas nos últimos 3 0 anos. É escritora, consultora, palestrante e fundadora da empresa Pensamentos Transformadores -Treinamento e Desenvolvimento. Saiba mais em www.vaniaferrari.com.br